Por Giovani Mattiollo
- Às 15:22
52

Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

O técnico Renato Gaúcho está prestes a receber um reforço para a defesa do Grêmio. O tão sonhadozagueiro, enfim, aproxima-se da Arena para suprir uma carência numérica e gerar opção aos titulares Geromel e Kannemann.

Quem fez a revelação foi o diretor de futebol Alberto Guerra, neste sábado, após o empate sem gols com o Corinthians. Embora evite confirmar o nome, o dirigente reconhece que falta pouco para oficializar o negócio.

– O Grêmio está perto – admite Guerra.

Há meses, a cúpula vasculha o mercado para aumentar o leque de opções para o setor. Após uma exaustiva prospecção, tanto internamente quanto fora do país, a cúpula parece ter chegado a um nome que agrade, com o aval de Renato.

Entre os nomes trabalhados, estava o de Gil. O jogador, que atualmente defende o Shandong Luneng, da China, teve passagem destacada pelo Corinthians, no qual foi campeão do Brasileirão em 2015. Guerra admitiu que o defensor goza da admiração, mas não é o alvo do momento. O dirigente buscou aumentar o mistério, mas deu uma pista que a tendência é que seja mais um estrangeiro:

– A probabilidade é que o zagueiro venha de fora, mas não está excluído o mercado nacional. É muito mais fácil trazer do exterior.

Um dos nomes trabalhados é o de Alexander Barboza. O jogador de 24 anos e que mede 1,94m está no Defensa y Justicia, mas está cedido até o meio do ano pelo River Plate.

Enquanto não chega o reforço, Renato busca minimizar os problemas. Além dos ídolos Pedro Geromel e Kannemann, Renato conta no grupo com Paulo Miranda, Marcelo Oliveira e o garoto Rodrigues. Ocorre que o primeiro recupera-se de uma lesão muscular na coxa esquerda, enquanto Marcelo Oliveira passou por uma cirurgia para reconstruir três ligamentos do joelho direito. Tanto que Michel tem sido improvisado com frequência.


Comentários