Por Giovani Mattiollo
- Às 11:03
4

(Foto: Marcos Ribolli)

A vitória de 3 a 0 sobre o São José, neste sábado (9), pela 9ª rodada do Gauchão, com um time inteiramente reserva, poderia dar a entender que o Grêmio está bem servido e não precisa de mais reforços para a temporada de 2019. Mas não é o que pensa o presidente Romildo Bolzan Júnior. Conforme o mandatário tricolor, a direção ainda busca duas posições no mercado.

—Na verdade, o elenco ainda tem necessidade de algumas situações. Todos nós temos ciência disso. Nada mais é do que o equilíbrio do plantel. É saber que, na hora da necessidade, teremos jogadores que vão manter o nível do futebol jogado. E o jogo de hoje (sábado) é a prova disso. Os times jogam praticamente igual. Acho que estamos com a necessidade de alguma outra situação e é um ajuste que não temos pressa, mas quanto mais cedo colocarmos um jogador que vai complementar as nossas necessidades, melhor será — declarou ele.

A ideia de Romildo é fazer um elenco forte o bastante para disputar, a partir do segundo semestre, Libertadores, Copa do Brasil e Brasileirão simultaneamente.

— Se você tem equilíbrio de plantel, consegue enfrentar bem isso. Talvez a gente não tivesse isso nos anos anteriores. Mas, este ano, a expectativa é que esse equilíbrio seja mantido, principalmente com uma ou talvez mais duas contratações — declarou.

Não foram reveladas para quais posições seriam estes reforços. Há um tempo, se fala sobre a necessidade de contratar um zagueiro para ser reserva de Geromel e Kannemann. Outro setor que precisava ser reforçado, na opinião dos dirigentes gremistas, era a lateral direita. Porém, esta vaga foi preenchida por Rafael Galhardo, trazido por empréstimo do Vasco e anunciado na última sexta-feira (8).


Comentários