Por Giovani Mattiollo
- Às 06:19
5

Foto: Tomás Hammes

Renato Gaúcho não está presente fisicamente, mas tampouco significa que esteja alheio ao que ocorre na Arena. O técnico do Grêmio deixou a planilha de trabalhos detalhada enquanto realiza o curso de treinador da CBF e acompanha cada passo da equipe para buscar mais uma vitória no Gauchão.

Além da qualidade referendada pelo trabalho no Grêmio, Renato se destaca pela cumplicidade no vestiário. Paulo Victor ressaltou a parceria que existe entre comissão técnica e grupo de jogadores, mas que divide espaço com a cobrança para cumprir as obrigações em busca das metas estipuladas.

– Pela maneira que o conheço, é perigoso deixar até microfone escondido – Brincou para depois completar. – É um cara parceiro, amigo, mas tem cobrança. Ele brinca e fala sério, tem o grupo na mão e vigiará – afirmou.

O ídolo tricolor fará o curso entre os dias 15 e 24 em Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. Porém, foi liberado pela direção para permanecer no Rio desde o início da semana. O goleiro seguiu o discurso sobre Renato. Apesar da consolidação do técnico entre os principais nomes da função pelos títulos recentes (Copa do Brasil, Libertadores e Recopa), Paulo Victor avalia que é primordial não se acomodar.

– O estudo é sempre bem vindo. O futebol dá conhecimento, o dia a dia, mas é sempre válida a capacitação. Ele busca o crescimento para almejar coisas ainda maiores e estar sempre preparado. Quanto mais vence e é falado, mais precisa estar preparado para os próximos desafios – ponderou.

O Grêmio volta aos trabalhos nesta quarta-feira. A atividade está programada para a parte da tarde. No domingo, o time enfrenta o Brasil de Pelotas. A partida será disputada às 17h no Bento Freitas, em Pelotas. Atualmente, o Tricolor lidera o Gauchão com 16 pontos, enquanto o Xavante é o lanterna, com três.


Comentários