De pé em pé, o Grêmio avança com naturalidade e vence as duas linhas de marcação impostas pela defesa do Inter no Gre-Nal 418, até anotar o único gol no clássico do último domingo. No total, foram 42 segundos de toque de bola antes de Leonardo ingressar na área adversária e tocar por baixo do goleiro Daniel

Embora fosse o time reserva, a herança do sistema tático estava lá, explícita, e se torna trunfo para o time no duelo contra o Pelotas, às 21h30 desta quarta-feira, na Boca do Lobo, pela última rodada da primeira fase do Gauchão.

Desta vez, o time reserva não terá Leonardo, único titular a iniciar o clássico na Arena, nem Renato Gaúcho, que permanecerá em Porto Alegre para treinar a equipe principal. O auxiliar Victor Hugo Signorelli comandará o time novamente. Para o grupo, no entanto, a natureza do time orquestrado por Portaluppi nos trabalhos diários estará em Pelotas.

– Pelos jogos que o time alternativo tem feito, está sendo bem positivo. É muito do dia a dia, do treinamento. Nós nos conhecemos e sabemos da forma que jogamos. O Grêmio tem um padrão de jogo, isso ajuda muito – analisa o zagueiro Marcelo Oliveira.

Após a vitória por 1 a 0 no Gre-Nal, Renato exaltou justamente o fato de treinar “dois times”. Assim, consegue manter o bom nível, seja qual for a escalação.

Gremistas comemoram gol de Leonardo no Gre-Nal — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Gremistas comemoram gol de Leonardo no Gre-Nal — Foto: Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

– Nossa equipe jogou bem o Gre-Nal, principalmente no primeiro tempo. Não porque tinha um homem a mais. Segundo tempo avisei para eles não deixarem a peteca cair, porque viriam pra cima. Eu não treino um time, mas um grupo, e eles podem entrar a qualquer momento. Foi o que aconteceu hoje (domingo) – afirma Renato.

Os números do time reserva impressionam no estadual. Em seis jogos, são quatro vitórias e dois empates, um aproveitamento de 77%. Foram 12 gols marcados e um sofrido. Para efeito de comparação, esse time suplente teria pontuação (14) suficiente para colocar o time em zona de classificação. Além disso, só não fez mais gols do que Caxias (16) e São Luiz (13) na competição.

Grêmio com time reserva no ano

  • Jogos: 6
  • Vitórias: 4
  • Empates: 2
  • Gols marcados: 12
  • Gols sofridos: 1

O time reserva só não conseguiu superar o Aimoré , no Cristo Rei, e o Brasil de Pelotas, no Bento Freitas. Foi contra o Xavante, aliás, a única partida de Signorelli no comando gremista.

A equipe que entra em campo nesta quarta em Pelotas deve ter três mudanças em relação ao Gre-Nal: Galhardo, Michel e Felipe Vizeu entram nas vagas de Leonardo, Paulo Miranda e André. A partida começa às 21h30, na Boca do Lobo.

Provável escalação do Grêmio para encarar o Pelotas — Foto: GloboEsporte.com

Provável escalação do Grêmio para encarar o Pelotas — Foto: GloboEsporte.com

PELOTAS X GRÊMIO – GAUCHÃO – 11ª RODADA


Comentários