Por Giovani Mattiollo
- Às 12:05
5

Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

Um chegou com o status de principal contratação da temporada –ao lado de Felipe Vizeu. O outro busca a redenção, após decepcionar e ver uma polêmica causar revolta de parte da torcida. Com trajetórias diferentes, Walter Montoya e Marinho travam uma disputa em jogos-treino para herdar a vaga de Ramiro na trinca de meias da equipe titular do Grêmio.

Talvez já para enfretar o Juventude nesta segunda-feira, às 20h, na estreia gremista na Arena em 2019, pela 3ª rodada do Gauchão. Resta ainda a definição de Renato Gaúcho sobre utilizar ou não força máxima na partida. Mas até entre os reservas, a posição é uma incógnita: Kaio e Vico já foram escolhidos pelo treinador.

Montoya é o principal candidato à vaga de Ramiro no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Montoya é o principal candidato à vaga de Ramiro no Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Da dupla, Montoya é quem larga em vantagem na disputa. Após passagens apagadas por Sevilla e Cruz Azul, o argentino de 25 anos chegou ao Tricolor para recuperar o bom futebol dos tempos de Rosario Central. E desponta como principal alternativa à vaga de Ramiro, hoje no Corinthians.

O argentino estava entre os titulares no primeiro time esboçado por Renato na temporada em um teino coletivo. E replicou fielmente a função tática de Ramiro no primeiro jogo-treino do ano, com vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro-RS.

Por ali, o meia conseguiu dar intensidade ao setor, fechando espaços para auxiliar a defesa, justamente como o antecessor costumava fazer. A forte marcação do rival não permitiu que produzisse ofensivamente.

Marinho, por sua vez, trabalha para convencer técnico e torcida que merece novas oportunidades. Contratado em junho do ano passado, o jogador de 28 anos pouco apresentou nos primeiros seis meses de Grêmio. Acabou mais marcado durante as férias, quando se ofereceu para atuar pelo Flamengo, em um vídeo que viralizou nas redes sociais.

Marinho ganha pontos com Renato após polêmica — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O episódio irritou os tricolores, mas o atacante conseguiu contornar a situação. Após conversas com a direção e comissão técnica, Marinho acertou sua permanência no Grêmio. Ainda assim, iniciou os treinamentos no terceiro time, assim como André.

A retomada de prestígio foi imediata. Na estreia no Gauchão, deixou o banco de reservas e precisou de apenas 16 segundos para balançar as redes na goleada por 4 a 0 sobre o Novo Hamburgo, no Estádio do Vale. O rendimento o alavancou de conceito.

Na última quinta-feira, Marinho foi titular na vitória por 2 a 0 do Grêmio sobre o Ypiranga, em jogo-treino no CT Luiz Carvalho. E ainda teve papel decisivo. O atacante sofreu pênalti convertido por Luan. Agora, busca de vez uma vaga entre os 11 iniciais para, enfim, apresentar o futebol que liderou o Vitória a fugir do rebaixamento em 2016, de arrancadas, dribles e gols.

Renato ainda não deu indícios do time que utilizará nesta segunda-feira. Montoya teve o nome regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e foi oficializado na lista do CBF, assim como as outras estrelas do Grêmio. Reina a expectativa se estarão em campo na Arena.

A definição sairá na manhã deste domingo, quando o Tricolor realiza o último trabalho. Na segunda, às 20h, o time de Renato recebe o Juventude na Arena pela 3ª rodada do Gauchão. O Grêmio lidera a competição com quatro pontos. A equipe da Serra está em sétimo com três.


Comentários