Por Giovani Mattiollo
- Às 06:26
6

(Foto: Tiago Caldas/Agência Estado)

O Grêmio passou longe de uma atuação vistosa e abdicou até de seu estilo de jogo costumeiro propositivo e de valorização da posse de bola para vencer o Bahia por 2 a 0 neste domingo, na Fonte Nova, pela 9ª rodada do Brasileirão, com gols de Maicon e Thaciano. Na saída de campo, os gremistas valorizaram uma partida de “sofrimento” para sair com um triunfo valioso, que alavanca o Tricolor à vice-liderança do Nacional.

Autor do primeiro tento, ao aproveitar rebote de pênalti que parou no goleiro Douglas, o capitão admitiu que a equipe teve atuação abaixo do habitual. O volante ressaltou, porém, que o Grêmio recupera os dois pontos desperdiçados diante do Fluminense.

– Foi jogo de sofrimento, principalmente no segundo tempo. No primeiro, conseguimos jogar. No segundo, fomos abaixo da nossa equipe. Nos outros jogos, estávamos atacando e não conseguindo gols. A gente recupera os dois pontos que ficaram no Fluminense nessa partida de hoje. Está todo mundo de parabéns. Mas o segundo tempo foi abaixo – analisa.

Bruno Cortez endossou o discurso do capitão. O lateral-esquerdo vibrou com o triunfo, claro, e deixou de lado ao ressaltar que é o resultado é mais importante do que jogar bonito.

– Importante é a vitória. Não adianta jogar bonito e não ganhar o jogo. Conseguimos objetivo, que era vir aqui e vencer. Quarta-feira, tem outra batalha. Renato vai mostrar o que precisa melhorar – destaca Cortez.

Neste domingo, Thaciano deixou o banco de reservas para fechar o triunfo já nos acréscimos do segundo tempo. O meia revelou emoção com seu segundo tento marcado com a camisa do Grêmio.

– Foi o que Renato pediu, fechar o meio e articular, mas estava difícil. Estava congestionado. Eu estava esperando que uma ia sobrar e sobrou. Consegui fazer o gol. Sempre que fizer gol com essa camisa, vai rolar emoção. Não foi tanto quanto o primeiro, mas rolou – ressalta.

Com a vitória, o Grêmio dá um longo salto na tabela para ocupar a vice colocação, com 16 pontos, mas pode perder posição no decorrer da rodada. O Tricolor volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h45, quando enfrenta o Palmeiras, na Arena, pela 10ª rodada do Brasileirão.


Comentários