Pela primeira vez após ser afastado da equipe por um período, o atacante Luan concedeu entrevista e analisou sua situação no Grêmio. Na zona mista da Arena Corinthians, após o empate por 0 a 0 com o time paulista, o jogador comentou as críticas que recebe sobre a má fase que vive:

— Muitas pessoas falam que todo jogo eu tenho que fazer gol. Nem sempre vai ser assim. Nem sempre vamos fazer uma partida espetacular. Todo jogador é assim. Mas eu procuro ajudar a equipe. Não me preocupa fazer gol em todas as partidas. O que importa, para mim, é ajudar o gremio a vencer.

Questionado sobre como reagiu à decisão do técnico Renato Portaluppi de colocá-lo para treinar separado do grupo por quase duas semanas, o atleta deu a seguinte resposta:

— Eu reagi… Tinha que trabalhar. Sei que nem sempre a gente vai jogar bem. Mas procuro sempre trabalhar e dar o meu melhor para ajudar. Mas isso é decisão do Renato. A gente só tem que trabalhar para poder voltar. Pude (contra o Corinthians) ajudar o time, correr, marcar e ajudar. Fico feliz por isso.

Titular contra o Corinthians, Luan pode ganhar uma sequência de jogos novamente, já que o meia Jean Pyerre convive com dores crônicas no ombro direito.


Comentários