Por Giovani Mattiollo
- Às 06:30
5

Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Se parte da torcida gremista criticava Luan por suas atuações recentes, talvez deixe de fazer isso por um tempo. Na tarde deste domingo, o Grêmio goleou o Juventude por 6 a 0, pela partida de ida das quartas de final do Gauchão, no estádio Alfredo Jaconi. Dentro de campo, o camisa 7 tricolor marcou duas vezes e ainda deu uma assistência. Após o jogo, rebateu as críticas e valorizou o “grupo”.

Ambos os gols saíram no segundo tempo. Primeiro aos 11 minutos, numa linda cobrança de falta, tirando do goleiro. E depois de peito, pegando rebote em chute de Alisson, que tentou por cobertura. Nos minutos finais, ainda deu tempo de tocar para Diego Tardelli fechar o placar. Na saída de campo, o jogador rebateu as críticas que tem recebido por parte da torcida e imprensa. Ainda ressaltou a “força do grupo” e valorizou o lado “humano” que tem.

– Se recuperar de quê? (Sou) criticado por quem? Um ou outro torcedor? É normal. Até a Libertadores eu tinha feito três gols e dado duas assistências. Tava muito bem. Não é um jogo, um torcedor, que vou deixar de acreditar. A imprensa colocando que a gente tava mal, independente do que você está falando se fui eu, não vejo dessa forma. Viemos a um tempo demonstrando que somos um grupo forte. Nem todo jogador vai bem. Isso acontece, sou ser humano também. Entramos em campo com vontade – disse o camisa 7.

A última vez que o jogador havia balançado as redes foi no dia 10 de fevereiro, quando o Grêmio venceu o Avenida (também) por 6 a 0, pelo Gauchão. De lá pra cá, foram sete jogos sem marcar. Agora, Luan tem cinco gols marcados em 2019 e se isola como artilheiro da equipe na temporada.

O Tricolor volta a campo na próxima quinta-feira, na partida de volta das quartas de final do Gauchão, contra o Juventude. A bola rola a partir das 21h na Arena. Nesta segunda-feira, o elenco se reapresenta a partir das 15h30, no CT Luiz Carvalho.


Comentários