Kannemann prevê jogo disputado “no limite” contra o Godoy Cruz

Zagueiro do Grêmio fez elogios ao rival desta quarta-feira na Arena

Por Giovani Mattiollo
- Às 05:52
14
Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

O zagueiro Walter Kannemann alertou aos seus companheiros de Grêmio que o time não pode entrar em campo na próxima quarta-feira achando que a classificação está resolvida contra o Godoy Cruz na Libertadores. Em entrevista coletiva após o treinamento desta segunda no CT Luiz Carvalho, o defensor ressaltou que o Tricolor não pode sofrer gol para não dar “esperança” à equipe argentina.

“O Godoy Cruz é um time muito bom taticamente, que tenta pressionar quando perde a bola e se resguarda em seu campo quando essa pressão não tem resultado. Eles fazem isso com muita gente na defesa. É um time muito físico e que pressiona muito bem. Vamos tentar não errar e não permitir que eles façam gol porque isso vai dar esperança para eles”, avaliou.

Chamou atenção no jogo de ida algumas faltas duras cometidas pelos jogadores do Godoy Cruz. Kannemann minimizou esse tipo de lance e disse considerar normal em um confronto decisivo como esse entre os dois clubes.

“Vai ser muito parecido ao jogo de lá. Essa partida é o limite. Às vezes, o jogador não quer ir na perna do rival, mas é no limite e alguém vai mais forte em uma jogada. É um mata-mata. Vai ser um jogo muito disputado. Vai ser brigado em cada bola e isso nós sabemos fazer.”, completou.

Kannemann é um dos poucos jogadores do elenco do Grêmio a já ter conquistado o título de Libertadores. Provado a dar uma dica sobre como vencer o torneio, ele alertou que o fundamental é não achar que algum confronto está definido antes do apito final.

“A primeira coisa é não pensar que está tudo resolvido. Temos um jogo muito difícil, onde vamos tentar deixar tudo no campo. Não sabemos o que vai acontecer quarta-feira, mas vamos entrar com tudo. Cada bola será a última e vamos tentar ficar com a vaga”, completou.

Grêmio e Godoy Cruz se enfrentam nesta quarta-feira, às 19h15min, na Arena pela volta das oitavas de final da Libertadores. Por ter vencido por 1 a 0 na Argentina, o Tricolor precisa de apenas um empate para avançar às quartas de final.

Veja também

Comentários