James Freitas culpa ansiedade pela falta de resultados no Grêmio

Técnico interino comandou a equipe na derrota para o Fluminense na Arena

18 de setembro de 2016 - Às 19:11
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS

Após a partida deste domingo, o Grêmio chegou ao sétimo jogo sem vitória. A derrota para o Fluminense escancarou a má fase da equipe no Brasileirão. O interino James Freitas, que comandou a equipe hoje e dará lugar a Renato Gaúcho, disse que a ansiedade prejudica a equipe:

— Nós procuramos passar tranquilidade. Iniciamos bem, tivemos um volume de situações e poderíamos ter consolidado o placar antes dos 20 minutos do primeiro tempo. Sofremos um contra-ataque, e a meu ver era o risco que tínhamos que correr. Infelizmente, resultou no gol. A equipe tinha produzido algumas situações e poderia ter aberto o placar. A fase não é boa e gera ansiedade. O jogador acaba não finalizando no melhor ângulo possível, não equilibrado, pela ansiedade que é consequência dos resultados que não têm acontecido — analisou.

James também comentou que as vaias não afetam o rendimento da equipe:

— Os jogadores são experientes, têm bagagem. É natural, em qualquer atividade profissional, quando há uma manifestação de descontentamento, é do ser humano. Mas os atletas não têm sido influenciados no rendimento. Seria muito mais se essa vaia acontecesse com os meninos que temos no plantel — acrescentou.

James será auxiliar de Renato na quarta contra o Atlético-PR em jogo que pode retomar a confiança do elenco:

— Não atravessamos um bom momento. É necessário que procuremos nos reencontrar na competição. Já produzimos na competição, fizemos partidas memoráveis, com rendimento em alto nível. Nós somos capazes de fazer, e temos passado isso internamente. Falta nós encontrarmos este monmeto. Talvez seja na quarta-feira, contra o Atlético-PR.



Veja também