Por Giovani Mattiollo
- Às 06:30
7

Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital

Depois do vacilo contra o Fluminense na derrota por 5 a 4 pelo Brasileirão, o Grêmio “deu a volta por cima” ao vencer a Universidad Católica e se classificar às oitavas de final da Libertadores. Pelo menos foi o que disse o volante Maicon após a partida. Na noite desta quarta-feira, na Arena, os jogadores destacaram que a alta concentração foi o diferencial em campo.

A vitória veio sem grande sustos, e o Tricolor garantiu vaga nas oitavas da Libertadores pelo quarto ano seguido. Em campo, Alisson abriu o placar aos 22 minutos do primeiro tempo, e Thaciano fechou a conta aos 28 da etapa final. Depois de um início ruim no Brasileirão, nada melhor que vencer para “dar a volta por cima”.

– Hoje era tudo ou nada, não podia perder o jogo. Mas era importante ganhar também. Nosso objetivo era passar de fase, até pela situação que nos encontrávamos. Demos a volta por cima, ficamos fortes na competição – disse o capitão Maicon.

Se na derrota para o Fluminense os erros de concentração custaram caro ao Grêmio, era preciso corrigir logo. Contra a Católica, os jogadores demonstraram dobraram o foco durante os 90 minutos de jogo. Além do técnico Renato Gaúcho ter alertado, os jogos que definiram a final da Liga dos Campeões viraram exemplo.

– Todo mundo de parabéns pela entrega. Tínhamos que manter a concentração. Infelizmente, no domingo não fomos bem. Mas vimos que não fomos só nós, não foi um problema só nosso, mas sim da semana. O Barcelona tomando quatro, o Ajax tomando a virada. Temos que escutar, o Renato sempre fala isso. Mas hoje mantivemos os 90 minutos de concentração – falou Alisson.

A próxima partida na Libertadores ainda vai demorar para acontecer, já que as oitavas de final ocorrem após a Copa América. O adversário do Grêmio será conhecido na próxima segunda-feira, em sorteio realizado na sede da Conmebol, no Paraguai. Antes disso, o Tricolor encara o Corinthians, em São Paulo, no próximo sábado, a partir das 19h, pelo Brasileirão.


Comentários