O Grêmio vai lucrar cerca de R$ 4,5 milhões nos próximos dias. Esse é o montante que o Rio Ave, de Portugal, irá depositar para exercer a opção de compra prevista em contrato do goleiro Léo Jardim, emprestado pelos gaúchos até o fim desta temporada europeia. O ex-gremista foi escolhido pelo clube como o “jogador da temporada” em premiação recentemente.

O Rio Ave já havia sinalizado a intenção de exercer a preferência prevista no contrato de empréstimo ainda em janeiro, quando o Grêmio precisava de um jogador para a posição após a saída de Marcelo Grohe. Mas só deve depositar a quantia, de 1 milhão de euros conforme a imprensa portuguesa, nos cofres do Grêmio nos próximos dias.

Léo Jardim fez uma boa temporada pelo Rio Ave e, em premiação realizada na última semana, foi escolhido pelo próprio clube como melhor jogador do time. Além do desempenho, os portugueses também ficam de olho em um lucro futuro com o goleiro.

Durante a temporada, o Sporting manifestou interesse no jogador e sinalizou que poderia fazer uma proposta, o que não ocorreu ainda. Léo fez 38 partidas durante a temporada portuguesa. No Grêmio, fez sua estreia em 2016 e fez parte da conquista da Copa do Brasil daquele ano. Em 2017, estava na lista de inscritos da Libertadores.


Comentários