Por Giovani Mattiollo
- Às 06:32
34

 

Foto: Lucas Uebel / Grêmio F.B.P.A.

Em busca da primeira vitória fora de casa, o Grêmio enfrenta o Botafogo às 19h15 desta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos. Somente os três pontos garantem a manutenção do time fora da zona de rebaixamento durante a Copa América. Um triunfo que pode não fazer o time decolar na competição, mas deixa a máquina abastecida para engrenar no segundo semestre.

Por ganhar do Fortaleza na rodada passada, o Tricolor subiu cinco posições e alcançou o 13º lugar, com oito pontos. O Z-4 está logo atrás, a um ponto apenas de distância. O empate não é suficiente para que o período recesso seja tranquilo. Por outro lado, uma vitória pode deixar o time na 11ª posição sem correr nenhum risco de aproximação da turma de baixo.

— Nosso objetivo é esse, terminar bem durante a parada — diz o atacante Diego Tardelli. — A equipe evoluiu, vem crescendo. Claro que não encantamos a todos. Mas o mais importante é a vitoria, que vai nos distanciar da zona do rebaixamento, zona desconfortável para a gente.

Neste Brasileirão, o Grêmio empatou duas vezes fora de casa, com Avaí e Corinthians, e perdeu para Ceará e Bahia. Vitória, que é bom, nenhuma. Para isso acontecer, terá que melhorar a produção ofensiva.

O Tricolor marcou apenas dois gols em quatro jogos longe de casa. Para piorar, terá do outro lado o 4º colocado no campeonato. Um dos melhores mandantes, que, se desconsiderarmos o jogo suspenso contra o Palmeiras, está com 100% de aproveitamento sob seus domínios.

— O Botafogo vem embalado, com vitórias consecutivas. Nós estamos procurando melhorar na competição. Mais um jogo difícil, jogando fora de casa, em que espero que a gente possa deixar uma boa imagem antes da parada — completa Tardelli.

O atacante deve novamente ser titular pelo lado esquerdo, onde joga Everton. O técnico Renato Portaluppi tem ainda os retornos de Juninho Capixaba e Michel.

O Grêmio entra em campo com: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Rodriguez e Juninho Capixaba; Maicon, Michel, Alisson, Jean Pyerre e Tardelli; Felipe Vizeu.

Após a parada, o Tricolor enfrenta o Vasco, em casa, no dia 13 de julho. Porém, três dias antes, terá o confronto de ida com o Bahia, pela Copa do Brasil, na Arena. Na semana seguinte, será a partida de volta, na Fonte Nova. Depois, Gre-Nal e Libertadores. Os três pontos desta noite são pílulas de tranquilidade e confiança para o time na sequência da temporada.


Comentários