Por Giovani Mattiollo
- Às 17:03
50

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

A derrota nos pênaltis para o Cruzeiro, na segunda partida da semifinal da Copa do Brasil, ainda mantém o ambiente de abatimento do grupo que está em Belo Horizonte e retorna a Porto Alegre no meio da tarde, segundo observação do repórter Cristiano Silva, da Rádio Guaíba. Após a desclassificação, Renato Portaluppi garantiu que o Grêmio passará por um momento de tristeza e depois “levantará a cabeça” por lutar pela Libertadores e pelo Campeonato Brasileiro.

“Só podia passar um. Infelizmente, passou o Cruzeiro. Não vai aumentar ou diminuir a responsabilidade, pois o grupo sempre teve e vai continuar tendo. Hoje estamos tristes e cabisbaixos, mas jamais vou abaixar a cabeça. Já, já, vou levantar a moral do grupo. A partir de segunda-feira vamos estar todos de cabeça erguida. Mais do que nunca temos que focar na Libertadores. Apesar da distância, acredito que tenhamos chances no Brasileiro também. Vamos continuar brigando”, declarou Renato Portaluppi.

Como o jogo contra o Sport, inicialmente marcado para este final de semana, acabou sendo transferido para o dia 2 de setembro, para preservar o gramado da Arena para o jogo da Seleção pelas Eliminatórias, o Grêmio ainda pode ver o Corinthians aumentar a diferença na tabela. Como o líder pega o lanterna Atlético-GO, no sábado, às 19h, no Itaquerão, a chance é grande do Tricolor terminar a semana com 13 pontos de diferença para os paulistas, restando 17 partidas para o fim da competição.

Antes do jogo contra os pernambucanos, o Tricolor volta a enfrentar o Cruzeiro pela Primeira Liga. O jogo válido pelas quartas de final está marcado para a próxima quarta-feira, às 21h45min, novamente no Mineirão. Ao contrário do técnico, os jogadores garantem que a tristeza pela desclassificação não irá perdurar.

“Não existe frustração. Todo mundo brigou muito. Jogou como tinha. Fomos bem defensivamente e tivemos duas possibilidades de gols, se fizéssemos um, a coisa seria diferente”, afirmou o zagueiro Kannemann. “Cruzeiro tem jogadores muito bons. Eles tiveram mais a bola, mas estava controlado o jogo e tiveram um lance de cabeça em um escanteio. A nossa bola deu na trave e a deles entrou. Parabéns para o Cruzeiro que nos ganhou nos pênaltis”, completou.

O Grêmio retorna no meio da tarde para Porto Alegre e depois o grupo será liberado. A reapresentação está marcada para sexta-feira, às 9h30min, no CT Luiz Carvalho.


Comentários