Por Giovani Mattiollo
- Às 20:01
27

Foto: Eduardo Moura

O Grêmio tem mudança no departamento de futebol. Durante a tarde desta segunda-feira, o clube comunicou no site oficial a saída do vice-presidente Odorico Roman.

De acordo com o comunicado, o dirigente seguirá com as funções até a nomeação de um substituto na função. A nota diz ainda que a decisão foi de cunho pessoal.

– O Grêmio comunica aos seus torcedores a saída de Odorico Roman do cargo de vice-presidente de futebol. A decisão, comunicada previamente ao Conselho de Administração, é de caráter exclusivamente pessoal e não tem relação com os procedimentos do departamento de futebol. Até a nomeação de outro vice-presidente de futebol, Odorico Roman seguirá exercendo as funções inerentes ao cargo – publica a nota.

Outro que está de saída é o diretor de futebol Saul Berdichevski. O dirigente também comunicou que deixará o clube gaúcho. Não há prazo para a definição da nova conjectura da pasta.

“Sem surpresa “

Em entrevista para a Rádio Gaúcha, Odorico disse que a saída não foi “surpresa”. Declarou que já havia comunicado o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, de que deixaria o cargo.

– É surpresa para quem não sabia. Para quem sabia desde julho, não é surpresa. Tem alguns assuntos de cunho pessoal que preciso cuidar. Comuniquei ao presidente depois da viagem. Realmente eu preciso de um tempo para tratar de assuntos pessoais. Estou um pouco emocionado – disse.

Odorico Roman assumiu como vice de futebol em dezembro de 2016, logo após a conquista do penta da Copa do Brasil – quando era diretor de futebol. No ano passado, participou da montagem do elenco campeão da Libertadores.

– Tive a emoção de trabalhar pelo Grêmio e viver o futebol do Grêmio. Não tem tamanho para um gremista isso, não há como descrever – acrescenta.

O dirigente participa da reformulação do elenco para a atual temporada. Na manhã desta segunda-feira, participou das apresentações oficiais do zagueiro Paulo Miranda e do meia-atacante Thaciano.


Comentários