Por Giovani Mattiollo
- Às 17:58
5

Matheus Beck

De “coração zerado”, Renato Gaúchovoltou à rotina de trabalho um dia após receber alta do Hospital Moinhos de Vento, onde passou por uma cirurgia cardíaca. No segundo, concedeu entrevista coletiva nesta quarta-feira. E, na semana que vem, espera comandar o treino à beira do gramado visando à estreia no Gauchão. Ao contrário da temporada passada, o time que começará o estadual deverá contar com jogadores do grupo principal.

O objetivo é evitar o mesmo tropeço do ano passado, quando a equipe de transição, formada por jovens, somou apenas um ponto em quatro rodadas. Renato e o time titular precisaram retomar antes do planejamento para classificar o Grêmio para a fase final. Com isso, os suplentes do grupo principal, que entraram em campo em muitos jogos do Brasileirão, devem iniciar o estadual.

– Campeonato é campeonato. Título é Título. O Grêmio vai brigar para ser campeão gaúcho. A diretoria tinha um pensamento de colocar a transição nos primeiros jogos. Eu pedi para usar a equipe alternativa minha para começar o Gauchão. Vou usar a equipe que começou basicamente muitos jogos na temporada passada, trocando algumas peças, claro, mas dando oportunidades. Vou pedir mais um tempo para a equipe que jogou mais jogos ano passado para dar mais tempo para a Libertadores – afirmou Renato.

Em coletiva, Renato agradece aos cuidados após passar por cirurgia no coração

Em coletiva, Renato agradece aos cuidados após passar por cirurgia no coração

A mudança não significa que os jovens da equipe de transição não serão aproveitados. É possível que eles reforcem o grupo principal, já que muitos estão com ritmo de jogo desde dezembro. Porém, o treinador deve escalar os atletas que estiverem em condições físicas mais perto do ideal.

– Nós temos bons jogadores. Vai servir também de experiência esse Estadual e para a gente ver não só na defesa, mas em qualquer outra posição se precisar um ou outro jogador, contratar. Não podemos colocar um monte de jogadores no grupo, daqui a pouco tem 40 jogadores. Continuamos buscando zagueiros, olhando o mercado, até porque não é todo zagueiro que quer vir por causa da dupla que temos, que para mim é a melhor do Brasil. Mas vamos ver se precisamos contratar – completou o treinador.

Com isso, é provável que os novos contratados que encerraram a temporada passada ganhem chance. O goleiro Júlio César pode iniciar já contra o Novo Hamburgo, no dia 20, assim como o volante RômuloMontoya, que treinou na manhã desta quarta-feira entre os titulares com o time principal, deve ser lançado mais adiante.

Um possível time para a estreia no Gauchão pode ter: Júlio César; Léo Gomes, Paulo Miranda, Thyere, Marcelo Oliveira (Juninho Capixaba); Kaio e Matheus Henrique; Marinho, Jean Pyerre e Pepê; André.


Comentários