Por Giovani Mattiollo
- Às 06:35
33

FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

O Grêmio ficou no 0 a 0 com o São Luiz neste domingo, no Estádio 19 de Outubro, pelo jogo de ida da semifinal do Gauchão. Os gremistas só levam motivos a lamentar do resultado, que deixa a decisão da vaga aberta para a partida da volta, na Arena. Em especial, Pepê.

Em entrevista após o empate, o atacante lamentou uma chance que perdeu na cara do goleiro Gianezini já aos 46 do segundo tempo. De acordo com o garoto, aquela foi a “bola do jogo”.

– Infelizmente, tive a bola do jogo. Acabei não concluindo da maneira certa. Tem que levantar a cabeça para o próximo jogo e definir na Arena – disse o atacante.

Matheus Henrique foi um raro destaque do Grêmio neste domingo e quase abriu o placar em cabeçada que parou no travessão. O volante afirma que a equipe ficou com um “gostinho” de que poderia ter saído vitoriosa e lamentou os detalhes que faltaram para abrir o placar.

– A gente ficou com um gostinho que poderia ter saído com a vitória, tivemos as melhores chances da partida. futebol é isso, é detalhe. Temos tudo para no próximo domingo, no nosso campo, conseguir a vitória e ir para a final – ressalta.

Paulo Victor disse ainda que o São Luiz leva certa vantagem para o jogo da volta, por poder se classificar com qualquer empate com gol marcado fora de casa. O goleiro pede aos seus companheiros para se impor na Arena.

– Foram inteligentes ,aproveitaram a força do campo deles, um campo pesado, mas acho que é ter tranquilidade, tem o jogo na nossa casa para passar para a final. Não deixa de ser uma vantagem para eles, não levou gol na casa, como tem o gol qualificado, mas não tem que levar esse peso. Temos que fazer o que a gente vem fazendo para nos impor dentro de casa – afirma o goleiro.

Com o resultado, o Grêmio precisa vencer o duelo da volta na Arena para avançar à final. O São Luiz joga por um empate com gols e, claro, por uma vitória pela vaga. Um novo 0 a 0 leva a decisão aos pênaltis. A partida está marcada para o próximo domingo, às 16h, na Arena. Antes disso, o Tricolor respira Libertadores. Na quinta-feira, às 19h, a equipe de Renato Portaluppi enfrenta a Universidad Católica no San Carlos de Apoquindo, em Santiago, pela 3ª rodada do Grupo A.


Comentários