Por Giovani Mattiollo
- Às 11:50
1

(Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)luan

O rigor no controle de gastos, que sempre foi regra na gestão do presidente Romildo Bolzan Júnior, não significa que o Grêmio não vai ousar em uma ou outra contratação para 2019. E o investimento maior deve ser feito em um meio-campista que atue no setor de criação da equipe. Com as seguidas ausências de Luan, principalmente por causa da fascite plantar, o Grêmio se ressentiu de um jogador com as características de armação e chegada na frente.

E nesse perfil se encaixa o nome de Thiago Neves. O departamento de futebol do Grêmio admite o interesse no meia de 33 anos, que atualmente defende o Cruzeiro. Thiago tem contrato com a equipe mineira até dezembro de 2019, e a multa rescisória gira em torno de 10 milhões de dólares. Como o pagamento da multa é inviável, o Grêmio teria de buscar outra forma de negociação.

O Corinthians também tem interesse e aparece como um forte concorrente no momento. A favor do Grêmio pesa a boa relação do atleta com o técnico Renato Portaluppi. Ambos trabalharam juntos no Fluminense, em 2008. O Tricolor monitora Thiago Neves desde 2016, quando o jogador voltou dos Emirados Árabes para o futebol brasileiro. Apesar do interesse de Grêmio e Corinthians, o Cruzeiro pretende estender o vínculo com um de seus principais jogadores.

Outro nome especulado é o de Diego, do Flamengo, mas os valores também são considerados altos. Ele tem contrato com o clube carioca até meados de 2019.


Comentários