Grêmio detecta carências e mantém busca por articulador e lateral-esquerdo para 2019

Direção do clube gaúcho define prioridades para encorpar grupo para Renato Gaúcho

Por Giovani Mattiollo
- Às 12:08
1
Lucas Uebel/DVG/Grêmio

Em meio a pré-temporada, o técnico Renato Gaúcho já começa a visualizar a estreia em competições oficiais no ano. O treinador ainda espera ao menos dois reforços para fechar o grupo, ao menos inicialmente, para o ano. O clube busca um lateral-esquerdo e um meia articulador. Os nomes em negociação são mantidos em sigilo – a direção se mostra incomunicável para evitar criar expectativas ou ver algum rival entrar no negócio.

São basicamente duas posições – inclusive – já buscadas na temporada. Para a lateral, o Grêmio esteve próximo de fechar o empréstimo de Emmanuel Mas, do Boca Juniors. Um intermediário do atleta ofereceu o jogador, mas não houve acerto entre os dois clubes. O Tricolor gaúcho busca um jogador para brigar por posição com Bruno Cortez, até porque Marcelo Oliveira foi fixado como zagueiro para esse ano.

O outro atleta desejado era Thiago Neves. No entanto, o Cruzeiro descartou a proposta do Grêmio, na casa dos R$ 5 milhões. Na mesma linha, um troca-troca que envolveria o atacante Luan e mais duas promessas da Raposa também não foi levado adiante – embora tenha sido discutido.

Renato quer um meia articulador para atuar na função de Luan em caso de necessidade. Recém contratado o argentino Montoya poderia ser utilizado na função, mas tem predileção para atuar pelo lado direito.

Luan, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Luan, atacante do Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Tão perto, tão distante

Uma negociação com Marquinhos Gabriel também chegou a se “escancarar” para o clube gaúcho. Com contrato com o Corinthians até julho de 2020, o jogador conseguiu a liberação no Al-Nasr, dos Emirados Árabes, e volta ao Brasil. Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, a preferência do atleta era pelo Tricolor gaúcho. No entanto, nesta segunda-feira, o representante do jogador entrou em negociação com o Athletico.

A fim de economizar com salários até o fim do contrato, o Corinthians optou por não emprestar o jogador, mas sim negociá-lo em definitivo. Ele terá vínculo encerrado, assinará com o Athletico, e o Timão ficará com 50% dos direitos econômicos de olho numa negociação futura.

A procura por mais jogadores também se dá em função do pesado calendário do futebol brasileiro. Até então, foram contratados quatro reforços para Renato: o goleiro Julio Cesar, o volante Romulo, o centroavante Felipe Vizeu, além de Montoya.

Veja também

Comentários