Por Giovani Mattiollo
- Às 06:24
18

O Grêmio faz o que pode para manter Renato Gaúcho para o próximo ano. Foi ao limite financeiro nas propostas feitas ao treinador e ainda terá um último encontro do presidente Romildo Bolzan com o comandante e ídolo. A definição pode ocorrer a “qualquer momento”. O prazo dado pelo clube é até domingo, para dar seguimento ao planejamento para 2019.

Nesta terça-feira, o empresário do treinador, Gerson Oldenburg, e o CEO do Grêmio, Carlos Amodeo, também tiveram uma reunião para debater as cifras envolvidos. A negociação é considerada aberta, mas o Grêmio entende que foi ao seu limite financeiro. Aguarda uma resposta do de Renato.

Ainda sem data definida, o encontro também ganha peso porque o Grêmio garante que ainda não foi informado pelo treinador de qualquer acerto com o Flamengo. Os dois candidatos a presidência, Ricardo Lomba e Rodolfo Landim, confirmam o acordo prévio com o ídolo gremista.

Romildo Bolzan terá reunião com Renato — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Romildo Bolzan terá reunião com Renato — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Entre o grupo do Grêmio, Renato é unanimidade: todos desejam a permanência. Em entrevista coletiva após o treino da tarde, Ramiro disse que o chefe não comunicou a decisão aos jogadores.

– É uma escolha muito particular dele, não dividiu conosco a opinião, o que vai acontecer. Obviamente, se pedir, sabe a resposta. É preciso partir do coração dele, do sentimento. Se quer ficar com a gente ou buscar um desafio novo. Nós jogadores não nos envolvemos muito sobre essa escolha – comenta Ramiro.

No treino da tarde desta quarta-feira, Renato foi para o vestiário mais cedo, enquanto a atividade dos jogadores ainda estava em andamento. Seu auxiliar, Alexandre Mendes, como de praxe, comandava o trabalho em campo reduzido.


Comentários