Por Giovani Mattiollo
- Às 06:39
5

Isadora Neumann / Agencia RBS

Após um início avassalador, o próximo objetivo do Grêmio será definir a equipe titular para o começo da temporada. A três jogos antes da estreia na Copa Libertadores, a equipe de Renato Portaluppi tem dúvidas em três posições: goleiro, meia pela direita e centroavante.

No gol, apesar do favoritismo de Paulo Victor, não existe um titular incontestável. A boa atuação de Julio César na vitória por 3 a 0 sobre o Caxias aumenta a incógnita sobre qual será o titular da posição. Seja quem for, o escolhido terá a difícil missão de substituir o ídolo Marcelo Grohe.

No meio-campo, a dúvida é sobre quem será o substituto de Ramiro, agora no Corinthians. O argentino Walter Montoya foi contratado, em tese, para ser titular. No entanto, o meia-atacante Marinho, depois de sofrer muitas críticas em 2018, iniciou a temporada em alta, com boas atuações, que o credenciaram a lutar por uma vaga na equipe.

A última indefinição está no ataque. Nos jogos em que Renato utilizou força máxima até agora, o centroavante escolhido foi Jael. Contudo, o recém-contratado Felipe Vizeu vem entrando bem, marcou seu primeiro gol contra o Caxias, no domingo e é bem cotado.

Uma estimativa de escalação gremista teria: Paulo Victor (Julio César); Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Michel e Maicon; Montoya (Marinho), Luan e Everton; Jael (Felipe Vizeu).

O time titular deve ser utilizado nos jogos contra Avenida, Brasil-Pel e Veranópolis, antes da estreia na Libertadores contra o Rosario Central, no dia 6 de março.


Comentários