Por Giovani Mattiollo
- Às 06:28
4

LUCAS UEBEL / GRÊMIO FBPA

Pedro Geromel protagonizou os dois lances mais polêmicos no empate em 1 a 1 entre Rosario Central e Grêmio, no Gigante de Arroyito, na estreia da Libertadores. Os tricolores reclamaram de puxão sobre o zagueiro na área argentina, enquanto os argentinos queriam pênalti e expulsão do rival em outro lance. Por sua vez, o jogador se esquivou do assunto.

Em rápida entrevista na zona mista do estádio adversário, Geromel comentou que as jogadas ocorrem corriqueiramente no mundo do futebol, “ainda mais em Libertadores”. Também alegou que, sem a utilização do árbitro de vídeo, fica mais difícil para flagrantes como estes em escanteios ou faltas para a área.

– São lances que acontecem corriqueiramente. Sem o VAR, é difícil de marcar. São lances que acontecem, ainda mais na Libertadores – afirmou Geromel.

No primeiro momento, o Grêmio reclama de pênalti do atacante Zampedri em Geromel – a sequência foi registrada pelo repórter fotográfico do clube, Lucas Uebel (veja na animação acima). De outra parte, o zagueiro devolveu a “gentileza” com uma cotovelada em escanteio a favor do Rosario. O lance gerou confusão e cartão amarelo para os dois jogadores.

– Não vi. Não consegui olhar pela TV. Foi disputado, Geromel com ele (Zampedri), mas acontece. O importante é que todo mundo se comportou. E, no fim, foi um resultado justo – disse Kannemann.

O Grêmio se reapresenta na sexta-feira pela manhã e volta as atenções para o Campeonato Gaúcho. No sábado, às 19h, recebe o São José, na Arena, pela 9ª rodada. Já classificado, a tendência é que Renato escale uma equipe alternativa. Pela Libertadores, o Tricolor volta a campo na terça-feira, às 21h30, para enfrentar o Libertad, na Arena.


Comentários