Por Giovani Mattiollo
- Às 12:07
27

Foto: Matheus Beck

A segunda-feira de reapresentação do elenco do Grêmio após o empate em 0 a 0 com o São Luiz será decisiva para a presença de Pedro Geromel na partida contra a Universidad Católica, na quinta-feira, às 19h, em Santiago do Chile. Em recuperação de edema muscular, o zagueiro será submetido a um último exame médico para saber se ficará plenamente liberado aos trabalhos em campo.

O defensor apresentou o problema ainda antes das quartas de final do Gauchão e voltou a aparecer no gramado para trabalhos físicos na última sexta-feira. De acordo com a avaliação interna, o jogador evoluiu no tratamento e depende apenas desse aval para seguir o processo de retreinamento físico.

– Ele já está liberado, digamos, buscando um condicionamento físico melhor, tem mais um exame amanhã para confirmar. Não tendo mais nada, se o exame não mostrar mais nada, é só questão física para puder jogar na quinta-feira – diz o diretor de futebol Deco Nascimento.

Caso seja, de fato, liberado pelo departamento médico, Geromel deve ter o primeiro contato com bola ainda hoje. A definição de sua presença na viagem, porém, dependerá do treino da terça-feira, já no dia do embarque, à medida que a carga de trabalhos se intensifique.

– Ele já fez um exame de controle, em que se mostrou muito bem. O que importa nessa fase final? Quando a gente dá intensidade no trabalho de campo. Então temos que ver como ele vai se sentir, se vai se sentir bem passando por todas as etapas que a gente julga necessárias. A definição, a gente vai ter no momento da viagem, depois dele fazer uma avaliação, mais um dia de trabalho. Essa definição a gente vai ter na terça-feira, quando realmente a gente vai viajar – diz o médico Márcio Dornelles.

A recuperação de Pedro Geromel se torna ainda mais urgente ao Grêmio pela escassez de opções à disposição de Renato. Atualmente, Kannemann é o único zagueiro à disposição no elenco. Paulo Miranda está fora, ainda em recuperação de lesão muscular. Marcelo Oliveira rompeu três ligamentos do joelho direito e será baixa até o segundo semestre.

Neste domingo, Michel foi o parceiro de Kannemann na defesa. Caso Geromel não atue, o volante deve seguir na posição. Romulo também já atuou no setor. Contra o Juventude, na última quarta-feira, até mesmo Bruno Cortez foi adaptado à zaga.

– Temos jogadores no departamento médico. Hoje, tanto Michel quanto Kannemann deram conta do recado. Amanhã, a gente volta para Porto Alegre. Eu vou conversar com meus jogadores, com o departamento médico. Quem estiver em condições vai jogar na quinta-feira. Quem não estiver, infelizmente vai ficar em Porto Alegre – diz Renato.

O elenco gremista volta a treinar na tarde desta segunda-feira, já em Porto Alegre. A viagem para o Chile está marcada para a terça-feira. Grêmio e Universidad Católica se enfrentam às 19h da quinta-feira, no Estádio San Carlos de Apoquindo, pela 3ª rodada do Grupo H da Libertadores.


Comentários