Por Giovani Mattiollo
- Às 14:52
3

Os dias anteriores ao clássico Gre-Nal ganharam uma movimentação especial com a decisão do Inter de escalar time reserva no domingo, às 19h, na Arena, em retaliação a punição a Nico López pelo TJD-RS. No Grêmio, no entanto, essa escolha não traz nenhuma mudança de expectativa, pressão ou até mesmo postura na partida.

Everton fala do clássico Gre-Na — Foto: Eduardo Moura

Everton fala do clássico Gre-Na — Foto: Eduardo Moura

O atacante gremista, que após o clássico viaja para se apresentar na seleção brasileira, afirmou que respeita a escolha do rival. E não haverá consequência direta para o Grêmio. E descarta uma maior pressão sobre o time por jogar com a equipe suplente.

– Creio que não (aumenta a pressão). Acho que em outras oportunidades quando enfrentamos times reservas o professor sempre nos alertou, que quando o adversário joga assim, sempre os caras vem para vencer, querem mostrar trabalho. Se optarem por jogar com a equipe assim, creio que vão dar o melhor deles. Nós do nosso lado vamos fazer nosso papel, independente de quem venha, queremos a vitória – opinou Everton.

A gente tem que respeitar a decisão do adversário, se eles optarem por jogar com uma equipe alternativa, não temos que ter nada a ver com a decisão deles.

Everton em treino do Grêmio — Foto: Lucas UebelGrêmio

Everton em treino do Grêmio — Foto: Lucas UebelGrêmio

O Grêmio chega depois de uma derrota para o Libertad, em plena Arena, pela Libertadores. O jogo é para ser esquecido e um dos piores desde a chegada de Renato, em setembro de 2016, segundo o atacante. Mas ele não vê a régua do favoritismo pender para nenhum dos lados.

– Clássico é um jogo diferente. Ano passado, a gente estava em um excelente momento, e eles não tão bem, e acabou um empate na Arena. Isso é relativo, quando é clássico a força se iguala. A gente procura esquecer o jogo da Libertadores, por ser outra competição. Um dos piores jogos desde que o Renato está aqui. Procuramos corrigir o que erramos, o professor tem nos alertado da qualidade do adversário, que vive bom momento. Mas sabemos das nossas qualidades e vamos tentar colocar em prática – completou o camisa 11 gremista.

A equipe gremista não deve sofrer alterações em relação ao jogo com o Libertad, na última terça. A única possível baixa é Geromel, que deixou o treinamento da manhã deste sábado mais cedo.


Comentários