Por Giovani Mattiollo
- Às 06:22
5

Wesley Santos/Agência PressDigital

O reencontro de Julio César com o Fluminense não foi da forma que o jogador sonhou. O goleiro falhou no segundo gol dos cariocas, na noite em que o Grêmio perdeu de virada por 5 a 4, na Arena, pela terceira rodada do Brasileirão

Nesta temporada, Julio estava invicto: eram cinco jogos pelo Grêmio e nenhum gol sofrido. Porém, as coisas viraram do avesso. Em campo, o Tricolor gaúcho vencia por 3 a 0 até os 21 minutos do primeiro tempo. Aos 38, Yony descontou para os cariocas. Mas aos 40, Julio César tentou driblar o atacante Luciano e falhou no que seria a retomada do Fluminense

Visivelmente abatido, Julio César falou na saída de campo para os jornalistas e reconhece que o lance foi uma infelicidade. Ainda sim, o goleiro fala em erguer a cabeça para conquistar os objetivos da temporada.

– Infelicidade minha. Infelizmente aconteceu. Trabalhar para que não volte a acontecer. Lances que acontecem, não pode acontecer. Algumas vezes acontecem. Cabeça erguida e continuar buscando os objetivos – lamentou.

Se não faltaram emoções no primeiro tempo, o que viria a seguir seria um jogo maluco. A etapa complementar começou 3 a 2 para o Grêmio. Contudo, Pedro e Matheus Ferraz viraram o jogo para o Flu, e Kannemann empatou.

Nos acréscimos, o que os gremistas mais temiam aconteceu. Allan colocou bola na área, Kannemann afastou e Yony pegou o rebote. O chute desviou em Léo Moura e morreu no fundo das redes de Julio César, que lamentou o gol sofrido.

– No início da segunda parte, algumas ocasiões de gol aconteceram. Conseguimos buscar o empate, ocasiões pra vencer o jogo. No final, numa finalização a bola desvia, não lembro em quem, acabou me traindo e eu não consegui fazer a defesa. Tranquilidade. Gostaríamos de sair com a vitória – disse o goleiro antes de ir para os vestiários.

Com o resultado, o Grêmio soma um ponto e ocupa a 18ª posição no Brasileirão. Na próxima rodada, o Tricolor vai até São Paulo enfrentar o Corinthians. A partida será disputada no sábado, às 19h, na Arena. Antes, no entanto, volta a concentrar forças na Libertadores. Nesta quarta, às 19h15, o time recebe a Universidad Católica para tentar carimbar classificação às oitavas de final.


Comentários