Por Giovani Mattiollo
- Às 12:04
5

Foto: Beto Azambuja

O chamado “dia D” para definir o futuro de Luan terá duração maior do que o esperado. Após um acerto entre Grêmio e Spartak, da Rússia, a negociação deu um passo atrás por uma questão muito clara: desacerto financeiro. Pela direção do Tricolor gaúcho, as tratativas entraram em “stand by”.

As conversas persistem e os dois clubes podem chegar a um denominador final nos próximos dias. Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, Luan aceitaria atuar na Rússia, um mercado com menor visibilidade (segundo ele próprio) para a Seleção. Para isso, no entanto, exigiria uma fatia maior no negócio. E esse pedido, ao menos por enquanto, se tornou o maior empecilho para um desfecho na negociação.

Enquanto a pendência não for resolvida, a proposta final não será encaminhada pelo empresário Jair Peixoto ao jogador. Tanto que Luan, em entrevista coletiva nesta quinta-feira, desconversou sobre o interesse. E preferiu falar sobre o sonho de ter sido convocado por Tite.

– Por enquanto, não chegou nada. Os caras do Grêmio não me procuraram. Disseram que estava acertado entre Grêmio e Spartak. Ninguém ouviu o meu lado. Então, não tenho muito o que falar. Quero aproveitar esse momento. Não quero ficar falando sobre isso. Há pessoas responsáveis. Se for ficar ou sair, vai acontecer no momento certo – disse, em entrevista coletiva.

Os envolvidos diretamente na negociação preferem pouco falar sobre o negócio em andamento.

– A negociação está em stand by, é o que podemos falar. Sempre é questão de valores – disse o vice de futebol Odorico Roman.

Após a vitória por 2 a 1 sobre o Godoy Cruz na última quarta-feira, pela Libertadores, Luan saiu de campo ovacionado pela torcida, sob pedidos de “fica”. Na saída de campo, disse que o Grêmio seria a melhor opção para ganhar visibilidade na Seleção, o que é um “sonho” para ele.

A proposta inicial do Spartak pelo camisa 7 gira em cerca de 20 milhões de euros (R$ 73 milhões). O valor oferecido pelos russos deixaria 14 milhões de euros (R$ 51 milhões) no cofre do clube, que tem 70% dos direitos do atacante.

O Spartak tem até o dia 31 de agosto, quando fecha a janela de transferências, para concluir a negociação. Enquanto isso, Luan seguirá defendendo o Grêmio nos próximos jogos. Para a alegria da torcida, que pode seguir desfrutando do futebol do camisa 7. E para o temor da direção, que ainda não renovou com Luan e corre o risco de perder sua maior joia em 2018, de graça.


Comentários