Tadeu Vilani / Agência RBS

Depois de empatar em 0 a 0 com o Corinthians neste sábado (5), o Grêmio voltará a jogar como mandante na próxima rodada do Brasileirão, quando recebe o Ceará. Porém, a “casa” não será a Arena. Por conta do show do Iron Maiden agendado para quarta-feira (9), o Tricolor terá de atuar no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

— A gente foi lá e examinou o estádio do Caxias. O Centenário tem um bom gramado. Nós compreendemos, assimilamos isso e respeitamos essas iniciativas (shows na Arena). Já fomos comunicados que o calendário de abril do ano que vem tem uma série de shows e respondemos que ainda não sabemos que jogos teremos. Isso vai acabar quando o Grêmio puder operar plenamente o estádio. Aí podemos ter autonomia. Até lá, compartilhamos e, aliás, pagamos pelo estádio — declarou o presidente Romildo Bolzan Júnior.

Na mesma linha, o diretor de futebol, Duda Kroeff, minimizou qualquer prejuízo pelo fato de ter de mandar a partida fora de Porto Alegre.

— O Centenário tem um gramado muito bom. Parece que não vai chover. Estará meio frio, mas com tempo firme. E nós tivemos um jogo lá neste ano, contra o Fortaleza. Foi um jogo difícil, mas ganhamos de 1 a 0. Todo mundo sabe que temos um show aqui (na Arena), mas o Centenário não chega a ser nenhum mistério para a gente — comentou ele.

Aliás, o jogo lembrado por Duda foi válido pela oitava rodada do Brasileirão e, graças a um gol marcado por Pepê, o Tricolor deixou a zona de rebaixamento. Agora, a briga é para ingressar no pelotão de cima da tabela de classificação.

Tendo no horizonte o jogo de volta contra o Flamengo, pela semifinal da Libertadores, o Grêmio tem como objetivo somar o maior número de pontos enquanto puder escalar os titulares.

— Não se trata do jogo do Flamengo até o dia 23. Temos que pontuar bem neste momento do Campeonato Brasileiro. Esses pontos são essenciais para podermos administrar o G-4. Acabou o jogo com o Flamengo e só recomeçará a partir do dia 21. A partir de agora, os jogadores só pensam no Campeonato Brasileiro — declarou o presidente gremista.



Veja também