Por Giovani Mattiollo
- Às 12:04
4

Foto: Lucas Uebel

O pouco tempo entre a decisão da Libertadores da América e a viagem para os Emirados Árabes Unidos pode causar prejuízos ao Grêmio. Os titulares se reapresentaram somente na tarde de ontem após a conquista do tricampeonato da América e amanhã já viajam para a disputa do Mundial de Clubes. O deslocamento irá provocar um desgaste físico bastante considerável e será feito em grupos de atletas, com parte da delegação fazendo conexão em Londres e outra em Frankfurt. Até a logística ficou complicada em razão do curto espaço de tempo entre as datas.

A viagem começa amanhã pela manhã e só termina na quinta-feira à noite (horário de Dubai). Chegando aos Emirados Árabes, a delegação ainda terá de se deslocar até a cidade de Al Ain, via transporte terrestre. Ou seja, aproximadamente mais 1h45min de viagem. Com jogo marcado para o dia 12, restará um tempo escasso para treinamentos e adaptação ao fuso horário nos Emirados, que é de seis horas a mais em relação ao horário de Brasília.

Ontem, o zagueiro Pedro Geromel, os volantes Michel e Arthur, e o atacante Fernandinho, foram liberados do treinamento no CT Luiz Carvalho para receberem premiações no centro do País por terem se destacado no Campeonato Brasileiro. Com um problema no ombro, Geromel ainda é dúvida para a estreia do Grêmio no Mundial de Clubes.

O zagueiro e capitão do tri da América também desmentiu que tenha recebido uma proposta para defender o Palmeiras na próxima temporada. “A informação de que há proposta do Palmeiras não procede. Para mim não chegou nada. Eu tenho contrato com o Grêmio por mais dois anos e não tenho a mínima vontade de sair do clube”, disse Geromel em entrevista à ESPN.

O Tricolor encara o vencedor do confronto entre Pachuca, do México, e Wydad Casablanca, do Marrocos, que se enfrentam no próximo dia 9. Depois de jogar a semifinal, o Tricolor vai para Abu Dhabi, local da decisão do Mundial de Clubes e também da disputa do terceiro lugar.


Comentários