Por Giovani Mattiollo
- Às 09:41
6

Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Escolhido Rei da América em 2017, Luan não repetiu o excelente ano em 2018. Longe de deixar de ser importante para o Grêmio, é verdade. Segue como figura técnica do time e com moral com a torcida e o técnico Renato, mesmo que a diretoria não descarte uma negociação se a proposta for boa. O camisa 7 encerrou a temporada sem jogar, por conta da lesão na planta do pé direito. Anotou 11 gols e deu 11 assistências, abaixo do apresentado na campanha do Tri da América, embora ainda no primeiro escalão do time nos quesitos.

Luan em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Luan em treino do Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Desde a chegada de Renato, Luan tem sido mais meia e menos atacante – já foi assim em 2017. Com a tentativa de contratar Thiago Neves, essa situação pode mudar, com o camisa 7 atuando mais próximo do gol adversário.

Veja um vídeo com momentos de Luan


Comentários