Por Giovani Mattiollo
- Às 17:45
4

Foto: Tomás Hammes

A cinzenta tarde desta sexta-feira trouxe um alento e dois sustos aos gremistasPaulo Miranda treinou normalmente no trabalho com bola entre os reservas que marcou a reapresentação do Grêmio após a derrota por 1 a 0 para a Universidad Católica, na última quinta. Porém, Julio Cesar e Marinho preocuparam por instantes os companheiros e comissão técnica.

Renato Gaúcho, aliás, aproveitou o exercício para debater com seus pares no Centro de Treinamentos Presidente Luiz Carvalho.

zagueiro havia sofrido uma lesão em uma das coxas (não informado qual). Na atividade, em campo reduzido entre os jogadores que não começaram ou ficaram fora do embate com os chilenos, se movimentou e trabalhou sem problemas.

Por outro lado, Julio e Marinho tiveram contratempos. O goleiro precisou ser atendido em função de uma dor no pulso direito. Já o atacante caiu no gramado com dores no tornozelo esquerdo. Ambos, no entanto, voltaram ao exercício e completaram o treinamento.

Os titulares, por sua vez, permaneceram na academia para uma atividade regenerativa, como é de praxe após as partidas.

O treino teve a orientação do auxiliar Alexandre Mendes. Renato observava tudo. O técnico, no aquecimento, trocou ideias com o parceiro, mas mais ouvia do que falava. Depois, aproximou-se do médico Paulo Rabaldo. Por fim, antes de rumar ao vestiário, parou para conversar com Diego Tardelli, que estava sentado na escada.

O Grêmio volta aos trabalhos neste sábado. A atividade está marcada para as 9h30. No domingo, o time recebe o São Luiz, às 16h, na Arena, pelo duelo de volta das semifinais do Gauchão.

Como empatou em 0 a 0 no jogo de ida, o Tricolor precisa vencer para garantir vaga à decisão. Empate com gols classifica os visitantes. Caso o confronto termine novamente em 0 a 0, ocorrerá cobrança de pênaltis.


Comentários