Por Giovani Mattiollo
- Às 12:03
6

Foto: Gabriel Duarte

A motivação move Klauss Câmara. Oficializado na manhã da última quarta-feira como o novo executivo do Grêmio, não esconde o orgulho pela oportunidade de trabalhar no Tricolor gaúcho. O dirigente ainda terá conversas sobre o planejamento com o departamento de futebol assim que chegar a Porto Alegre. Entretanto, aposta na dedicação para manter a veia vitoriosa trilhada nos últimos três anos.

Câmara ainda está em Recife. Permanecerá na capital pernambucana até o início da próxima semana para finalizar situações que tinha encaminhado no Sport. Quando chegar à capital gaúcha, se aprofundará nos detalhes para cumprir a função exercida por André Zanotta, que trocou o Tricolor pelo Dallas FC no final de 2018. Porém, durante o processo seletivo ao qual participou e acabou escolhido e nas conversas com a direção, já recebeu informações sobre o Grêmio.

Durante conversa com o GloboEsporte.com na tarde da última quarta, prometeu trabalhar para que a trajetória de sucesso recente se repeta ao longo da gestão:

– Tenho convicção que, com todos os profissionais que estão no clube neste ciclo vitorioso, contribuirei para a sequência deste enorme sucesso do clube.

Klauss Câmara ao cruzar pena Arena como diretor do Cruzeiro em 2017  — Foto: Gabriel Duarte

Klauss Câmara ao cruzar pena Arena como diretor do Cruzeiro em 2017 — Foto: Gabriel Duarte

Até pela necessidade de finalizar as atribuições no Sport, a conversa sobre os reforços ficarão para quando iniciar oficialmente o trabalho no Grêmio. Antes disso, conta o tempo para desfrutar da chance de trabalhar com Renato Gaúcho e evidencia a admiração pelo futebol de Luan, a quem acredita que repetirá as melhores atuações nesta temporada.

Aos 38 anos, o mineiro é formado em Educação Física com foco em Gestão Esportiva e tem pós-graduação em Gestão e Marketing Esportivo. Trabalhou como diretor de base da Raposa até 2017, quando acabou promovido após a saída de Thiago Scuro. Em dezembro daquele ano, o então presidente do Sport, Arnaldo Barros, o colocou como o homem forte do futebol. Nem mesmo o rebaixamento à Série B no final do ano abalou a sua popularidade. E agora, se prepara para novos desafios na capital gaúcha.

Confira os principais trechos da entrevista:

GloboEsporte.com – Como surgiu o convite do Grêmio?

Klauss Câmara – Participei de um processo seletivo. Desde o primeiro momento, fiquei muito honrado com a oportunidade de representar o Grêmio. Quero agradecer a todo Conselho de Administração, o presidente Romildo Bolzan, o (executivo-chefe Carlos) Amodeo em confiar nesta grande missão. Tenho convicção que, com todos os profissionais que estão no clube neste ciclo vitorioso, contribuirei para a sequência deste enorme sucesso do clube.

O que espera desta oportunidade no Grêmio?

A expectativa não pode ser diferente em um clube do tamanho do Grêmio. Temos que entrar em todos os campeonatos com a busca pelo êxito, mas a conquista depende de uma série de fatores. São profissionais comprometidos, que têm realizado este trabalho nos últimos anos, e o engajamento da torcida.

Já recebeu informações da situação financeira do clube?

Ainda estou em Recife. Tenho um tempo para finalizar os compromissos aqui na transição do Sport, com algumas negociações avançadas e o processo de mudança. São detalhes burocráticos. Chegarei a Porto Alegre na próxima semana, mas ainda não tenho a data exata e, então, conversarei sobre esta questão.

O que você sabe sobre a necessidade de reforços?

Ainda preciso conversar com comissão e direção para avaliar as necessidades e como iremos ao mercado quando necessário for.

Klauss Câmara passou por Cruzeiro e Sport antes do Grêmio — Foto: Gabriel Duarte

Klauss Câmara passou por Cruzeiro e Sport antes do Grêmio — Foto: Gabriel Duarte

Você chegou a falar com o André Zanotta?

Falei. Já tinha uma amizade com ele, tenho muito carinho e admiração por ele. Estava presente no processo, me falou sobre o clube e a situação.

O Renato Gaúcho é quase uma entidade no Grêmio. Como será essa parceria?

A expectativa é muito boa de poder contribuir e agregar. É um profissional que admiro por tudo o que representa. Espero auxiliar e contribuir com o processo, na tomada de decisão para buscarmos os resultados.

O Luan, após ser o melhor da América, teve um ano oscilante. Como você pretende ajudar para ele recuperar o bom futebol?

Preciso me inteirar sobre tudo que o clube apresenta. O Luan é um grande jogador, como todos os outros que há no Grêmio, e que requer um tratamento para todos conseguirem performar bem. Precisamos contribuir para extrair de todos o seu potencial. Isso verei com todo mundo, e o dia a dia mostrará como ajudar neste desenvolvimento.


Comentários