Por Giovani Mattiollo
- Às 05:46
10

Adriano de Carvalho / Agência RBS

O palco da grande final da Libertadores, entre Lanús e Grêmio, em 29 de novembro, está pronto para o principal momento de sua história. O Estádio La Fortaleza, também conhecido como Ciudad de Lanús, com capacidade para 47 mil pessoas, foi inaugurado em 1929 e receberá sua quarta final continental.

Já ocorreram duas decisões de Copa Conmebol, em 1996, em que o Lanús foi campeão, e em 1997, em que o time argentino foi derrotado pelo Atlético-MG na decisão, que terminou em confusão. A outra final recebida pelo estádio foi a da Copa Sul-Americana em 2013, conquistada sobre a Ponte Preta.

Mas o Lanús anseia mesmo é por conquistar a Libertadores, que seria seu terceiro título internacional. Após chegar pela primeira vez à final da competição, conta com o forte apoio de toda a cidade, que fica a 15 quilômetros ao sul do centro de Buenos Aires.

Desde 1992, quando La Fortaleza ainda tinha pavilhões de madeira, que foram demolidos para a construção da estrutura em cimento, o estádio recebe constantes melhorias. A última grande obra foi a construção da tribuna das sociais, que fica abaixo dos setores de imprensa. Além disso, também há o setor das organizadas, na parte sul, e também arquibancadas na parte norte, onde ficarão os 4 mil torcedores gremistas na grande decisão.


Comentários