Por Giovani Mattiollo
- Às 23:25
5

Foto: Lucas Uebel / Grêmio

O Grêmio visitou o Pelotas na noite desta quarta feira no estádio da Boca do Lobo e venceu por 2 a 0 com um time reserva onde nem mesmo Renato Gaúcho esteve presente. Thaciano e Thonny Anderson marcaram os gols.

O Tricolor já estava garantido com a primeira posição e se mantém invicto na competição. O adversário nas quartas de final será o Juventude.

Escalação inicial: Brenno, Galhardo, Michel, Marcelo Oliveira e Juninho Capixaba; Matheus Henrique, Thaciano, Montoya, Jean Pyerre, Pepê, Felipe Vizeu.

PRIMEIRO TEMPO
A partida iniciou um pouco monótona, com poucas oportunidades e com as equipes arriscando pouco. Entretanto, foi o Grêmio quem começou a sair mais para o jogo e a criar oportunidades de gol, como aos 19 minutos, quando a zaga salvou chute de Vizeu.

Aos 32, Thaciano perdeu grande oportunidade após cruzamento de Pepê, cabeceando para fora. Dois minutos mais tarde, o goleiro Airton fez ótima defesa em chute de Thaciano. O Tricolor seguiu pressionando mas foi o Pelotas que quase abriu o placar.

Aos 43 minutos, a zaga do Grêmio bateu cabeça, Léo Bahia driblou o goleiro Brenno e bateu, mas Marcelo Oliveira apareceu para salvar o Tricolor.

SEGUNDO TEMPO
O time do Pelotas começou a etapa final buscando pressionar. Mas, foi o Grêmio quem abriu o placar. Aos 8 minutos, Thaciano roubou a bola na intermediária, passou pela marcação e bateu na saída do goleiro, marcando um golaço.

Precisando da vitória para conseguir a classificação, o time do Pelotas se lançou ao ataque, pressionando o Grêmio, mas a defesa gremista conseguia conter as investidas do adversário. Ainda, aos 22 minutos, o Grêmio quase ampliou com Thonny Anderson com o goleiro Airton quase entregando o ouro.

O Tricolor definitivamente não estava afim de jogo, apenas buscando deixar o tempo passar, sendo assim bem diferente da primeira etapa. Até por que o Pelotas não oferecia grande perigo apesar de ter adiantado o time em busca do empate.

Aos 46 minutos, o Grêmio escapou em contra-ataque e eram cinco gremistas contra dois defensores. Jean Pyerre deixou Thonny Anderson na cara do gol para marcar o segundo gol gremista e definir a partida.


Comentários