Por Giovani Mattiollo
- Às 23:27
22

Foto: Monagas

Com time misto, o Grêmio enfrentou o Monagas no estádio Monumental de Maturín e venceu por 2 a 1 graças a gol de Ramiro em chute despretensioso de fora da área já no segundo tempo e de um pênalti convertido por Jaílson nos acréscimos. Kannemann, contra, fez o gol dos Venezuelanos também nos acréscimos. O resultado foi essencial para manter o Grêmio na liderança do grupo e ainda garantiu a classificação antecipada.

O Tricolor encerra sua participação na fase de grupos na próxima quarta-feira, às 19h15 na Arena diante do Defensor do Uruguai.

Escalação inicial: Marcelo Grohe; Madson, Geromel, Kanemann e Cortez; Michel, Jailson, Cícero, Alisson e Ramiro; Thonny Anderson

PRIMEIRO TEMPO
O Grêmio iniciou a partida tocando a bola no campo de ataque, buscando espaços. Aos 6 minutos, após cruzamento na área, Alisson apareceu livre, mas pegou mal na bola e perdeu grande chance. Aos 10, Alisson sentiu dores musculares e foi substituído por Maicosuel.

Aos poucos, o time do Monagas passou a gostar do jogo e também a tocar a bola, tendo ficado com mais posse durante um certo período do jogo. No entanto, não ameaçava o gol de Marcelo Grohe. Aos 25, em contra-ataque, Maicosuel tocou para Thony Anderson que dominou mal e chutou para fora, dentro da área, perdendo ótima oportunidade.

Aos 32 minutos, Cícero cobrou falta com categoria e acertou o poste. Na sobra, Maicosuel isolou. O Tricolor pressionou no fim do primeiro tempo, mas foram os donos da casa que tiveram a última boa chance. Aos 45, Romero dominou na área após bate-rebate e bateu, Grohe espalmou e salvou o Tricolor.

SEGUNDO TEMPO
O Tricolor retornou para a etapa final e seguiu com mais posse de bola, tendo a iniciativa e partindo para cima do Monagas, principalmente arriscando chutes de fora da área, testando o goleiro Baroja.

Cícero chutou bem aos 19 minutos, obrigando o goleiro venezuelano a espalmar. Mas, aos 23 minutos, Ramiro arriscou de fora da área rasteiro, com muita gente na frente o goleiro não teve tempo e a bola morreu no fundo das redes do Monagas, abrindo o placar.

O Tricolor continuava com o controle do jogo, mas o Monagas chegou com muito perigo aos 35 minutos. Reyes avançou na esquerda e cruzou rasteiro para a área, Cádiz desviou à queima-roupa e Marcelo Grohe fez grande defesa, evitando o empate.

O time do Monagas teve maior posse no fim do jogo, mas o Monagas empatou o jogo aos 46 minutos quando Kannemann tentou cortar cruzamento e acabou mandando contra o próprio gol. Mas, com raça, o Grêmio foi ao ataque e Cícero sofreu pênalti. Aos 51 minutos, Jaílson cobrou e converteu, dando a vitória ao Grêmio em um final de jogo de tirar o fôlego.


Comentários