Com assédio a Everton, presidente do Grêmio vislumbra “maior negócio de todos os tempos”

Romildo Bolzan Júnior faz declaração durante evento sobre gestão na noite desta segunda-feira, no interior do Rio Grande do Sul

Por Giovani Mattiollo
- Às 06:37
31

Enquanto os gremistas aguardam ansiosos o retorno de Everton ao time de Renato Gaúcho na próxima quarta-feira, pela Copa do Brasil, o presidente Romildo Bolzan Júnior se blinda diante de uma possível venda do jogador para a Europa. Em evento no interior do Rio Grande do Sul na noite desta segunda-feira, ele afirmou que fará “o maior negócio de todos os tempos” do clube.

Conhecido por suas frases de efeito, Bolzan aparece em um vídeo gravado na noite desta segunda durante a palestra “Futebol e Gestão: paixão que movimenta milhões”, na cidade de Igrejinha, a cerca de 100 quilômetros de Porto Alegre. Como o futebol era o tema central do evento, o mandatário fez questão de ressaltar o impacto que uma negociação de seu principal atleta pode causar na história do Grêmio.

– Meu desejo é que (Everton) fique. Mas eu nunca vivi um momento como esse. Porque a torcida do Grêmio já está acostumada com a ideia de vendê-lo. Sabe qual é o grande debate desse negócio? Quanto o Grêmio vai ganhar… Eu vou botar o dedo na moleira do comprador e vou fazer o maior negócio do Grêmio de todos os tempos – disse Bolzan, que arrancou aplausos dos presentes.

Everton terminou a Copa América como grande destaque da seleção brasileira. O Cebolinha foi eleito melhor jogador da final contra o Peru e também saiu com o troféu de artilheiro da competição pelos três gols marcados – no desempate com o rival Guerrero, ganhou por ter dado uma assistência.

Everton marcou o primeiro gol na final da Copa América sobre o Peru — Foto: Sergio Moraes/Reuters

Everton marcou o primeiro gol na final da Copa América sobre o Peru — Foto: Sergio Moraes/Reuters

Apesar do Grêmio não ter recebido nenhuma proposta oficial, a saída de Everton é tratada como natural no clube. Até mesmo o capitão Maicon reconheceu o fato em entrevista coletiva na tarde desta segunda. O atacante tem multa rescisória de 80 milhões de euros (R$ 341 milhões). Contudo, a direção já admitiu negociá-lo pela metade do valor.

O time gaúcho retoma o calendário da temporada na quarta-feira, quando recebe o Bahia, na Arena, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Em vídeo divulgado pelo Grêmio nas redes sociais, Everton convoca os torcedores a acompanharem a equipe no estádio, praticamente garantindo sua presença.

Veja também

Comentários