Por Giovani Mattiollo
- Às 12:12
5

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Três jogadores veteranos precisam decidir o futuro no Grêmio, ou fora dele, nos próximos dias. Além de Douglas e Léo Moura, Cícero ainda não tem situação definida para 2019. Após a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, no domingo, o volante deixou clara sua intenção de permanecer no clube. Mas precisa de uma conversa com a direção.

Os jogadores entraram em férias logo após garantirem o Grêmio no G-4 e, consequentemente, a vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem. A reapresentação ocorrerá nos primeiros dias de janeiro. Para Cícero, é preciso entrar em acordo com os dirigentes diante da indefinição sobre a renovação de contrato.

– Todo tempo que estive aqui, consegui três títulos. O contrato é prorrogativo. É sentar com a diretoria e ver o que é melhor para o Cícero e para o clube também – afirmou o volante na zona mista da Arena.

Cícero encaixa-se no perfil de negócios buscados pelo Tricolor em 2019. Já passou dos 30 anos e tem os direitos econômicos em mãos. Assim, só precisaria tratar a questão salarial e as luvas, ou seja, o prêmio pela assinatura do contrato.

– Podemos ter jogadores, mas isso se fará na titularidade. O elenco será formado com jogadores da base, até para serem titulares. Há jogadores que podem disputar. Jogadores em bons negócios e formação não serão alterados. É filosofia do clube. E não terá nada fora da curva – explicou o presidente Romildo Bolzan Júnior.

Com a vitória sobre o Corinthians, o Grêmio encerrou o Brasileirão na quarta colocação, com 66 pontos. Garantiu a vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem. E agora sai de férias por 30 dias. O elenco, capitaneado por Renato Portaluppi, se reapresenta no início de janeiro.


Comentários