Por Giovani Mattiollo
- Às 16:57
19

Foto: Divulgação

Rivais neste sábado, às 19h, no Estádio de Pituaçu, Bahia e Grêmio se unem em uma campanha para combater o racismo no futebol. As duas equipes estamparam em suas camisas o símbolo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol na partida válida pela 7ª rodada do Brasileirão.

Os uniformes vestidos pelos jogadores serão leiloados, com a renda da venda das camisetas a ser destinada à entidade com sede em Porto Alegre. Além dos atletas, o técnico Roger Machado, único treinador negro na Série A, vestirá a camisa com a #ChegadePreconceito. Hoje no Bahia, ele é ídolo do Grêmio.

Recentemente, o Grêmio foi punido com multa pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por um episódio de injúria racial com Yoni González, na derrota por 5 a 4 para o Fluminense, na Arena, pela 3ª rodada do Brasileirão. O clube promove frequentemente campanhas contra o racismo.

Após o episódio, a diretoria oficializou um pedido a suas organizadas para abolir o termo “macaco” de seus cânticos. A palavra é usada em algumas músicas em alusão a torcedores do Inter.


Comentários