Por Giovani Mattiollo
- Às 12:06
13

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Flickr / Divulgação / CP

Grêmio e Renato Portaluppi vão caminhar juntos por mais uma temporada. E, se nessa quinta-feira foi um dia para sorrisos e anúncios, esta sexta será uma jornada pautada pela seriedade e pelo planejamento. No começo da tarde, o departamento de futebol deve se reunir com o treinador. A próxima temporada estará em discussão e os principais tópicos serão composição do plantel, dispensas e contratações.

Após garantir a permanência de Geromel e Kannemann, o Grêmio sabe que precisa de reforços para encarar o ano de 2019. “Sabemos que precisamos, minimamente, de três, quatro reforços que cheguem para ser titulares ou brigar por posição”, comentou o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior. “Até o momento, foi a negociação (renovação de Renato) mais tranquila que tivemos”, encerrou.

Anúncio da permanência 

Mandatário gremista, estampando um largo sorriso no rosto, anunciou ontem a permanência do técnico até o final de seu mandato no clube, em dezembro de 2019. No dia em que a conquista do tricampeonato da América (29 de novembro) completou um ano, a torcida ganhou mais um motivo para comemorar.

“Vamos dar continuidade ao trabalho, era um desejo recíproco, nosso e do Renato”, declarou. O Grêmio, mais uma vez, teve a concorrência do Flamengo, e novamente venceu a disputa. “Em uma decisão dessa natureza, não é exclusivamente o valor do salário que manda, existem outros componentes que influenciam e tenho certeza que o Renato pesou tudo isso”, afirmou o presidente do clube.

Segundo ele, a negociação foi bastante tranquila e leal entre as duas partes. Bolzan classificou como “superestimado” o noticiário que vinha do Rio de Janeiro, dando conta de um acerto de Renato com o Flamengo. “Muito do que saiu por aí não tinha a mínima procedência e fundamento. Nós sabíamos disso. Como há reciprocidade e confiança, então para nós não teve o menor efeito”, explicou.

Renato ganhou um aumento salarial e seguirá recebendo premiações por títulos conquistados. “O Grêmio valorizou o Renato, assim como o Renato valorizou o Grêmio. A opção dele foi ficar e o salário está no topo do futebol brasileiro, porque é um treinador que está no topo”.


Comentários