Por Giovani Mattiollo
- Às 12:25
26

Diego Vara/BP Filmes

A temporada 2019 começou implacável para Alisson. Logo no primeiro jogo do ano, rompeu o tendão do joelho direito e perdeu dois meses pelo Grêmio. Mas, aos poucos, o atacante recupera a forma. Já são sete partidas disputadas, com direito ao gol que abriu o 3 a 0 da classificação à final do Gauchão. O atacante vira uma das principais opções para o ataque contra o Rosario Central.

Alisson foi uma das surpresas de Renato Gaúcho na escalação da partida diante do São Luiz, no último domingo, e correspondeu aos 26 minutos, quando inverteu de função com André e recebeu o passe de cabeça do centroavante para abrir o placar na Arena.

– Foi uma emoção muito grande, ainda mais em um jogo de semifinal do estadual. Foi muito importante ter dado início a essa vitória, ter ajudado os companheiros e ter visto o time todo se doando e lutando muito para conquistarmos a vaga – afirma, via assessoria de imprensa.

Desde a saída de Ramiro, Renato ainda não encontrou o titular ideal para atuar pelo lado direito de ataque. Por ali já passaram Marinho, Montoya e Thaciano. Parece ter chegado a vez de Alisson, que ganha confiança a partir do desempenho no fim de semana.

– Com esse elenco de qualidade que temos, acho que o Renato sempre vai ter uma dúvida boa, em todas as posições (risos). Eu venho trabalhando muito forte no dia a dia, tive uma recuperação boa, só tenho a agradecer todo o departamento médico e fisioterapeutas. Aos poucos, vamos retomando (o ritmo de jogo) e as coisas vão acontecendo – diz.

A semana guarda fortes emoções para o plantel gremista. Na quarta, a vitória é obrigação diante do Rosario Central, às 21h30, na Arena, pela Libertadores. No domingo, tem o primeiro jogo da final do Gauchão, em mais um Gre-Nal no Beira-Rio, às 16h.

– É um momento diferente, que exige um alto nível de concentração, pois em jogos assim não podemos errar. Trabalho e vontade nunca vai faltar para esse grupo. Temos um elenco experiente, que se acostumou com decisões e conquistas nos últimos anos, então esperamos que a gente possa mais uma vez dar a resposta em campo – confia o atacante.


Comentários