Vice-lanterna do grupo na Libertadores, sem uma vitória sequer na competição e há três partidas sem sair de campo com os três pontos. Apesar do retrospecto recente, o Grêmio não deixa as contestações de parte da imprensa e torcida invadirem o vestiário.

ambiente segue de confiança para atingir os objetivos, alcançar a final do Gauchão e chegar às oitavas de final do torneio continental.

Outrora visto como um dos favoritos ao título da Libertadores e com um dos melhores times do Brasil, o Tricolor patina e mostra dificuldades na competição. Marcou apenas um ponto em três jogos.

Só não é o lanterna do Grupo H por ter saldo melhor que o Rosario Central. A classificação, a três rodadas do fim da fase de grupos, já depende de resultados paralelos.

Renato Gaúcho aposta no grupo por retomada do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Renato Gaúcho aposta no grupo por retomada do Grêmio — Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Para completar, os últimos resultados não agradam. Se contar o Gauchão, os últimos três jogos não tiveram vitória tricolor: perdeu para a Universidad Católica e empatou com Juventude e São Luiz. Motivo para preocupação? Não para Renato Gaúcho. O técnico, inclusive, estipula data para a turbulência passar.

– O torcedor pode ficar tranquilo que essa maré acaba no próximo domingo. Precisa ter confiança. Tenho conversado bastante com o presidente, diretoria. Estamos atentos a tudo e todos, mas sem fazer tempestade em copo d’água. O Grêmio não passa por um momento difícil, só não teve resultados tão bons na Libertadores. Vamos degrau a degrau – discursou o treinador em entrevista coletiva na sexta-feira.

Para completar, o rendimento de algumas peças decaiu. Luan foi afastado por tempo indeterminado para aprimorar a questão física. Mesmo assim, o futebol já apresentado é a garantia de um recomeço. Ainda mais com Renato.

Renato Gaúcho assegura classificação na Libertadores — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

Renato Gaúcho assegura classificação na Libertadores — Foto: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

O técnico exala segurança. Amparado pelos quatro gols sofridos e 36 marcados em quatro meses de 2019, diz que o grupo segue com a força inalterada e passará, inclusive, no torneio continental.

– Nestas horas, muita calma. O Grêmio tinha melhor ataque e defesa do Brasil. Da noite para o dia, parece que ninguém presta. É preciso ter muita tranquilidade. Esse grupo tem muita credibilidade com o torcedor e comigo. Sabemos que devemos na Libertadores, mas tenho certeza que juntos reverteremos este quadro. Confio na classificação – chancela.

Com a força de Renato e a busca pela retomada, o Grêmio vai atrás de mais uma final de Gauchão. No domingo, o time recebe o São Luiz, às 16h, na Arena, pelo duelo de volta das semifinais.

Como empatou em 0 a 0 no 19 de Outubro no jogo de ida, o Tricolor precisa vencer para garantir vaga à decisão. Empate gols classifica os visitantes. Caso o confronto termine novamente 0 a 0, ocorrerá cobrança de pênaltis.


Comentários