André desencanta pelo Grêmio e agradece apoio: “Estavam mais ansiosos do que eu”

Camisa 90 no Gauchão deu duas assistências e marcou o terceiro gol na vitória sobre o São José

Por Giovani Mattiollo
- Às 15:12
3

Grêmio apostou em André como a grande contratação de 2018, mas o desempenho do centroavante não correspondeu às expectativas. Porém, pela atuação contra o São José, na Arena, neste sábado, o camisa 90 pode começar a reescrever a própria história no Tricolor. Principal destaque na partida, participou de todos os gols na vitória por 3 a 0, pelo Gauchão.

André assistiu Montoya no primeiro gol gremista e Pepê, de calcanhar, no segundo. Na etapa final, fechou a goleada deixando a sua marca. Autor de sete gols no jogo-treino contra o Sindicato dos Atletas, na semana anterior, André diz que a atuação foi para calar os comentários de que é “artilheiro apenas de treinamento”.

– Tenho me dedicado, me preparado. Quero fazer gol. Independentemente se é rachão ou coletivo, tenho que estar de bem com a rede. Fico feliz e até emocionado por meus companheiros falarem que eu mereço. O gol é para o grupo. Estavam mais ansiosos do que eu – desabafa.

“Fico feliz e até emocionado por meus companheiros falarem que eu mereço. O gol é para o grupo. Estavam mais ansiosos do que eu”

Fim da seca

Em 2018, foram quatro gols em 29 partidas. Neste ano, o primeiro saiu após seis jogos. Sem marcar há mais de cinco meses, André garante que a pressão pelo gol não interferia em suas atuações. A alegria maior foi pela vitória e pelo desempenho dos estreantes.

— Todo mundo se gosta muito, independentemente de quem é titular ou reserva — diz André. — Estou feliz pelo gol, mas mais feliz pelo Darlan estrear e fazer uma boa estreia. Era reserva na base. O Renato o trouxe, e ele fez uma grande partida. É um menino bom, trabalhador.

André e Montoya pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

André e Montoya pelo Grêmio — Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG

Em entrevista coletiva, Renato Gaúcho elogiou o desempenho do atleta. Afinal, foi a melhor partida do atacante, desde que fora contratado.

– O André não foi tão bem no passado, está se dedicando, isso dá confiança. O clube fez investimento para contratá-lo. É importante dar esta retribuição. Não desaprendeu a jogar, fez muitos gols por onde passou. Tirou um peso – frisou Renato.

Na partida de terça-feira, pela Libertadores, Felipe Vizeu deve voltar ao comando de ataque. Contudo, caso seja necessário, André espera entrar e corresponder mais uma vez, já que contra o Rosario Central teve pouco tempo e não conseguiu mudar o placar de 1 a 1.

– O resultado positivo não veio, mas conquistamos um ponto, que deve ser valorizado, porque pode fazer toda diferença lá na frente. Agora, jogaremos em casa e eu tenho certeza que a Arena estará cheia. Isso é um incentivo, uma força muito maior para nós, que queremos fazer uma campanha legal, segura. Nos jogos em casa, não podemos vacilar. Temos tudo que é preciso para entrar em campo e fazer o nosso jogo, mas precisamos botar isso em prática – comenta.

Depois do jogo contra o Libertad, na Arena, às 21h30 de terça-feira, o Grêmio tem o Gre-Nal no próximo domingo. Classificado e precisando de apenas um empate para terminar como líder da primeira fase, André pode voltar à titularidade. Depende menos dele do que de Renato.

Veja também

Comentários